Caminho da Fé » Peregrinar é preciso. Viver, não é preciso!
default-logo

Peregrinar é preciso. Viver, não é preciso!

As minha inesquecíveis experiências no “Caminho da Fé

Humberto Gouvêa Figueiredo

Para ler, clique na imagem abaixo.

  1. Arnaldo Reply

    Caro companheiro do CEPE 58, já inclui o seu relato nas fontes de consulta da minha preparação. Parabéns pela decisão e pelo momento da sua vida, que tenho certeza que foi transformada por essa experiência.
    Espero, em julho, poder compartilhar com o amigo o mesmo sucesso e, principalmente, o mesmo encontro com Deus que espero ter nessa jornada.
    Forte e fraternal abraço.
    Arnaldo

  2. Fatima Foschiani Reply

    Quero muito fazer o caminho da fé , gostaria de fazer no começo de julho .

  3. Gilmar Quintino de Oliveira Reply

    Muito bom seu livro, suas histórias, seus relatos, somente quem fez “O Caminho”, sabe das suas dificuldades, das dores, dos cansaços e também das alegrias e do “Reencontro”. Saindo de Águas fui até Tocos do Moji, parei para recompor as energias, curar as feridas e retornar ate o final, os 65 anos nos cobram um pouco mais. Pousada do Por do Sol- Eliana e Carlos são realmente sensacionais, assim com Joelma e João- Barra, como existem pessoas boas, agradáveis e atenciosas nesse “Caminho”. Parabéns pelo relato, talvez engrandecimento seja a palavra, ou então Auto Conhecimento, mas o que sobressai e a nossa imensa FÉ. Abraços ao amigo Peregrino, saúde sempre.

Deixe uma mensagem

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.